Infernos Particulares

É a exposição coletiva dos artistas Antonio Goper, Sergio Kal e Nina Kreis na Galeria Gravura Brasileira em São Paulo. A ideia de produzir gravuras em metal das imagens e memórias que assombram o trio virou um conjunto de 200 peças inéditas impressas em metal, numa montagem que reproduz sentimentos de angústia, medo ou trauma, expostas num espaço pequeno de paredes escuras

A memória solicita a presença

Dividir um corpo em pedaços como forma de melhor entendê-lo, mapeá-lo, estudá-lo. Tentar descobrir onde estão os pensamentos, o que o equilíbrio lombar conseguiu disfarçar, se a curva do tempo apareceu no ombro, e a dor em que osso se assentou.

Caixa de Ossos

Os lugares do corpo viram marcas nos lugares onde habitam. Sergio Kal encontrou cantos e assim em objetos jogados em caçamba – pedaços de casas a serem demolidas – e preencheu esses espaços domésticos imprimindo ali seus próprios corpos

Workshops Sapien

Na Sapien gostamos de convidar artistas e parceiros cheios de ideias para compartilhar. Eles vêm falar de suas práticas, seus saberes, e assim aprendemos junto para continuar evoluindo nosso trabalho nas artes visuais.

Sobre avencas, ervas daninhas e flores do mato

O livreto de poesia Sobre Avencas, Ervas Daninhas e Flores do Mato já tem vida longa. Publicado pelo selo Leme da Impressões de Minas editora, os desenhos a nanquim feitos por Sergio Kal em seu jardim existiram primeiro como Diário de Jardim, livro objeto exposto na Galeria Mezanino.

Pompeias

Em sua prática fotográfica, Sergio Kal colecionou imagens de pequenas casas paulistanas que viviam exprimidas por prédios grandes e novos. Estas moradias geminadas dos anos 1940 são ameaçadas e com o tempo destruídas por imobiliárias.

Escritas do corpo

Sentir e perceber, ver e dizer: como criamos discursos expressivos e nos manifestamos através da palavra, antes do processo de escrita? A palavra nem sempre carrega um sentido e se desfigura e reconfigura à medida que nos movemos e somos afetados no mundo.

Dramaturgias do Real

Dramaturgias do Real é resultado do encontro de práticas potentes de criação de realidades a partir de noções diversas de performance corpo e imagem, em desdobramentos tecnológicos, científicos, cênicos, urbanos e sociais.

Bloop

Bloop é o selo editorial de arte e política, cultura, filosofia e estudos do corpo, que integra obras instalativas (como Ruínas: Futuro do Presente e Tracing mermaids) e impressas (como Performances da memória e Dramaturgias do real), numa rede internacional (GR, PT, ES, US, SA) de parceiros de pesquisa, curadoria e produção artística, com concepção e direção de Monica Toledo Silva, criadora de conteúdo da Sapien.

Performances da Memória

Performances da Memória é uma publicação organizada em quatro eixos: Gestos da memória, ou os visíveis do corpo – As memórias dos gestos atuam no mundo de muitas formas, seja na repetição mecânica (aprendizado perene), seja no espaço de invenção do corpo, ou de criação de novas visibilidades, atualizando acontecimentos em tempos simultâneos.

Casa da Vó - Sergio Kal - Sapien Design

Casa da Vó

Nossas melhores lembranças são aquelas que quando passam permanecem pra sempre na memória. Nossos lugares de afeto se fortalecem no tempo e se transformam em muitas coisas, como a série Casa da Vó, que virou fotografia, desenho, xilogravura, estamparia e lambe lambe.

Frutos da Dinamarca

Nosso desenhista e gravurista Sergio Kal, diretor da Sapien, apresenta no pastel seco sua experiência de vagar com o olhar por paisagens abertas, ao mesmo tempo habitadas e disponíveis para um passeio de cores que parece se formar com o vento. A exposição destas obras criadas na residência artística de Gludsted, Dinamarca, em conjunto com obras de Francisco Maringelli, também veio para São Paulo e foi curada por Renato De Cara na Galeria Mezanino.